Como armazenar produtos acabados

O processo de armazenar produtos acabados exige alguns cuidados por parte da empresa. Mesmo que as pessoas tenham a ideia de que basta apenas colocar nas prateleiras ou nos paletes, no armazém, o processo de armazenagem exige alguns procedimentos para contribuir com o processo logístico.

Nesse processo é necessário considerar determinados fatores que estamos enumerando a seguir. Assim, será possível fazer com que os produtos acabados estejam condicionados da melhor forma possível:

1.    Organizar corretamente a entrada e saída de produtos

Para armazenar produtos acabados é importante implantar um controle correto de entrada e saída de todos os itens. Para isso, é preciso contar com um sistema de gerenciamento de estoque que permita fazer o controle automaticamente.

No caso de empresas de menor porte, o controle de entradas e saídas pode ser feito através de planilhas eletrônicas. Embora seja um processo mais lento, é preciso informar todos os dados relativos a cada item, como, por exemplo, a quantidade de produtos, a data de entrada no armazém e o endereçamento do local onde cada produto será armazenado.

Na saída dos produtos também deve ser feito o registro, dando baixa na quantidade e informando a data de saída.

2.    Manter os produtos em embalagens adequadas

Para armazenar produtos acabados é necessário utilizar embalagens adequadas. Nos processos logísticos, de forma geral, os produtos são manuseados muitas vezes, tanto no armazém quando na distribuição e no transporte.

Alguns produtos exigem embalagens primárias e secundárias. As primárias servem para embalar cada produto. Já as secundárias reúnem determinada quantidade das embalagens primárias.

Com a utilização de embalagens adequadas, garante-se a integridade de cada produto, evitando qualquer avaria durante a movimentação. Além disso, as embalagens também ajudam na identificação e separação. Isso faz com que as atividades do armazém sejam otimizadas.

Atualmente, uma forma bastante comum na maior parte dos armazéns é a paletização. Ela facilita a movimentação dos produtos em maiores quantidades, ao mesmo tempo em que gera mais velocidade nas operações.

3.    Os produtos devem ser armazenados corretamente

No interior de um armazém é importante haver a preocupação com a agilidade nas operações, principalmente em épocas de maior movimentação. Para garantir essa agilidade, é preciso armazenar produtos acabados nos locais que possibilitem facilitar sua localização.

Geralmente a administração de um armazém é feita através da classificação pela curva ABC:

  • Considerando os produtos com maior giro, ou A, que devem ficar mais próximos da recepção e expedição, garantindo maior rapidez;
  • Os produtos de giro médio, ou B, que devem ficar em posição intermediária;
  • E aqueles de menor giro, ou C, que podem ser depositados mais ao fundo do armazém, já que não serão movimentados com maior frequência.

4.    Manter uma infraestrutura adequada no armazém

O local para armazenar produtos acabados deve conter toda a estrutura necessária para tornar o fluxo operacional mais eficiente. Alguns aspectos são importantes para essa infraestrutura:

  • O local deve ter um pé-direito alto, principalmente para permitir instalar a estrutura porta paletes e instalar mezaninos se houver necessidade;
  • O piso deve ser resistente para suportar o peso dos produtos;
  • A iluminação deve ser adequada ao ambiente, devendo ser instaladas lâmpadas mais econômicas;
  • O armazém deve contar com monitoramento e controles de segurança para prevenção de furtos e roubos;
  • O armazém precisa manter um sistema de detecção de incêndios;
  • As docas devem ser cobertas e com plataformas niveladoras para carga e descarga.

5.    Manter um layout adequado para armazenar produtos acabados

O layout do local para armazenar produtos acabados deve ser planejado de forma a tornar mais eficiente as operações do dia a dia. Para isso, é preciso considerar, principalmente, a movimentação de equipamentos e de operadores e o fluxo de operações.

O armazém deve ter um layout que possibilite a utilização do máximo de espaço disponível, mantendo organização e flexibilidade, com sinalização nas prateleiras e nos corredores, definindo corretamente os locais das operações.

6.    Manter a organização do espaço físico do armazém

Os fatores essenciais para garantir a organização do local para armazenar produtos acabados são básicos: organização, limpeza e arrumação. Dessa forma, é possível prevenir acidentes, garantindo a integridade dos produtos e dos operadores.

Assim, deve-se ter cuidado para não deixar produtos ou embalagens no piso, evitando a movimentação de empilhadeiras, e manter os locais de circulação livres de tudo o que não esteja sendo utilizado.

Itens não necessários devem ser colocados em locais delimitados ou descartados, realizando a limpeza com a frequência necessária para evitar produtos empoeirados.

7.    Compartilhar a gestão do estoque com parceiros

Ao armazenar produtos acabados é possível compartilhar com parceiros do sistema logístico sua gestão, oferecendo acesso às transportadoras para que se possa garantir a quantidade necessária e, assim, dando prosseguimento à produção com mais agilidade.

8.    Manter o controle dos produtos acabados

O gerenciamento das entradas e saídas, como vimos no item 1, irá permitir manter o controle ao armazenar produtos acabados, destacando que o estoque físico, ou seja, a quantidade real, deve ser sempre igual ao estoque da contabilidade.

Mantendo o controle de produtos acabados, o gestor poderá garantir a quantidade de matérias-primas ou insumos, tendo sempre o estoque mínimo de segurança, principalmente em produtos de maior giro.

Havendo produtos com data de validade é necessário implantar o sistema mais utilizado para esse tipo de produto, o FIFO, em que o primeiro produto a entrar é o primeiro a sair.

9.    Fazer inventários periódicos

Para garantir que o estoque físico sempre esteja conforme o estoque contábil, o inventário deve ser feito periodicamente, assegurando que todos os produtos estejam disponíveis para entrega.

Havendo qualquer tipo de problema, é possível antecipar as medidas a serem tomadas para evitar a falta de determinado produto ou sua perda de validade.

10. Aplicando a tecnologia ao armazenar produtos acabados

Existe tecnologia disponível para armazenar produtos acabados, garantindo um sistema de gerenciamento mais eficiente para a empresa. Além de sistemas já prontos, disponibilizados na internet, é possível contar com programadores para desenvolver softwares específicos, dependendo das necessidades da empresa.

Um bom sistema de gerenciamento possibilita emitir relatórios confiáveis e mais rápidos e reduzir erros de lançamento, dando mais agilidade às operações.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">HTML</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*