Esses não são tempos fáceis: o avanço da COVID-19 fez com que diversas empresas precisassem repensar a armazenagem dos produtos. Controlar o estoque durante a pandemia não é uma questão de bom senso, e sim uma necessidade para que a organização possa respirar com um pouco mais de tranquilidade enquanto a situação não retorna ao normal. 

No entanto, muitos gestores estão com dificuldades e não sabem como fazer a administração correta dos insumos. Por isso, a Fabrimetal separou quatro dicas para ajudar a controlar o estoque durante a pandemia

 

4 dicas para controlar o estoque durante a pandemia

A pandemia do COVID-19 acentuou duas movimentações no mercado: negócios tidos como essenciais, como supermercados físicos e virtuais, precisam controlar o estoque durante a pandemia para garantir suas vendas. 

Por outro lado, empresas que foram impactadas negativamente com o avanço da doença, como lojas de roupas, precisam ter cuidado, pois a super estocagem pode acarretar em prejuízos financeiros e falta de espaço físico para armazenar os itens mais importantes. 

Seja qual for a sua situação, as quatro dicas a seguir de como controlar o estoque durante a pandemia com certeza vão te beneficiar: 

 

Converse com seus fornecedores

Já falamos aqui que os fornecedores são como sócios estratégicos do seu negócio, e eles possuem um papel crucial na hora de controlar o estoque durante a pandemia. Lembre-se que eles também precisam estar comprometidos com o sucesso do seu negócio, pois isso afeta o êxito deles.

Como muitos empreendedores já perceberam, fazer uma boa gestão do seu estoque envolve ampliar a capacidade do mesmo sem ter que aumentar o espaço físico. Ou seja, fazer mais gastando menos.

Neste cenário, é importante conversar com seus fornecedores sobre novas soluções de armazenagem. 

Dê preferência para soluções customizadas, que se adaptam às necessidades do seu negócio, e não o contrário. Se você tiver dúvidas sobre esse assunto, entre em contato com a Fabrimetal. A empresa é especializada em criar soluções personalizadas para vários segmentos, elaborando projetos alinhados com a necessidade de cada cliente. 

 

Faça promoções

Sabemos que reduzir a margem do lucro não é a primeira escolha de nenhum chefe. Porém, controlar o estoque durante a pandemia pode significar fazer sacrifícios se isso movimentar o estoque. Essa dica vale principalmente para as micro e pequenas empresas. 

Por exemplo: ainda que seja difícil, é melhor ganhar R$ 50 do que perder R$ 300. Se o seu estoque estiver parado, além de não ter lucro, você também pode ter prejuízo — em especial se seus produtos forem perecíveis. 

Por isso, faça promoções ou reduza a margem de lucro como forma de controlar o estoque durante a pandemia. É melhor oferecer seus itens a um preço menor do que o normal do que não vender e ficar com a matéria-prima parada. 

 

Conheça a curva ABC

Você pode controlar o estoque durante a pandemia através da curva ABC. Esse conceito divide o estoque com base no faturamento, lucratividade e giro dos produtos, que são divididos em três grupos: 

  • Classe A: produtos que geram mais lucro e têm presença satisfatória no faturamento da companhia. Porém são mais seletos, o que faz com que seu giro seja médio. Devem corresponder a 30% do estoque;
  • Classe B: produtos cuja margem de lucro não é tão expressiva assim, mas vendem bem. Logo, são responsável pelo maior volume do faturamento e devem compor de 50 a 60% do total de estoque; 
  • Classe C: produtos pouco vendidos, com taxa de lucro baixa e que não impactam tanto assim no faturamento. Devem compor até 15% do estoque, pois servem apenas para atender eventuais pedidos.


Usar a curva ABC para controlar o estoque durante a pandemia permite que os gestores tenham uma noção clara de quais são os materiais obsoletos e quais são muito importantes para a empresa. Isso evita prejuízos e equilibra o estoque de acordo com as demandas.

Em épocas como a que estamos vivendo, os gestores precisam priorizar a classe A de produtos e reduzir a estocagem de produtos das curvas B e C. Neste momento, o principal objetivo é ampliar a compra e os níveis de estoque de produtos essenciais.

 

Use a tecnologia a seu favor

Uma das maiores transformações que a pandemia trouxe para o setor logístico tem a ver com a tecnologia. É através da digitalização e da automatização de atividades repetitivas e burocráticas do controle do que estoque que o setor vai atender às demandas dos clientes ao mesmo tempo que mantém sua saúde financeira em dia.

Isso não significa reduzir o número de empregos: estudos já comprovaram que a automação de atividades mais fatigantes e até mesmo perigosas fez com que as pessoas pudessem se especializar nas outras tarefas, aumentando a qualidade das entregas e a eficácia do fluxo operacional. 

Esperamos que você tenha visto a importância de controlar o estoque durante a pandemia. Essa é apenas uma forma de tornar a sua empresa mais competitiva durante essa situação e os aprendizados vão acompanhar seus negócios por um bom tempo. 

Outro fator que vai contribuir para seus resultados é a intralogística, ou seja, movimentação interna de materiais dentro de armazéns, unidades fabris e centros de distribuição (CD). Clique aqui e confira a matéria sobre esse tema e aprofunde seus conhecimentos na área!

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">HTML</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

×