controle de inventário

Nesta época de fim de ano, muitas empresas aproveitam para fazer um balanço de como foram os últimos 12 meses. Além de entender quais foram os destaques e o que ainda precisa ser ajustado, os gestores devem começar a se planejar para o início de um novo ciclo. 

 

Entre os pontos a serem levantados, está o controle do seu inventário. Um controle eficiente é essencial para a manutenção do negócio, pois só traz vantagens. A primeira delas é o ganho financeiro, já que se evita o desperdício. No entanto, também podemos apontar benefícios não concretos, como a melhoria da relação com o cliente. 

 

5 dicas para ter o controle do seu inventário antes de 2020

Se você tem um bom controle do seu inventário, sabe a importância de fazer essa gestão ser a mais eficiente possível.

Além de ser a única maneira de ter a visão geral do que acontece em todas as etapas da operação, você também tem mais facilidade em informar com precisão ao seu cliente a disponibilidade do produto e período estimado de entrega.

 

Em um mercado tão competitivo como o atual, são esses pequenos pontos que fazem a grande diferença.

 

Neste fim de ano, que tal rever a forma de fazer essa revisão? Nós vamos te ajudar nessa missão. Neste artigo, separamos dicas valiosas de como ter o controle do seu inventário.

 

Boa leitura!

 

Entenda que existem diferentes tipos de inventário

Antes de começar a fazer o controle do seu inventário, você precisa saber que existem diferentes tipos. Os mais comuns são: 

 

  • Inventário Geral: Como o próprio nome indica, abrange a contagem e identificação de todos os bens de uma organização. Isso inclui itens de almoxarifado, insumos, mercadorias, maquinário, entre outros. É essencial para a contabilidade e avaliação do patrimônio da empresa.
  • Inventário Parcial ou Dinâmico: Contagem de uma parte ou setor específico de bens da empresa. Pode ser feito, por exemplo, no estoque de um armazém para identificar a quantidade de um certo tipo de mercadoria.
  • Inventário Anual: Ao fim do ano fiscal (período em que se faz a demonstração de resultados contábeis), o gestor pode optar por fazer esse controle do seu inventário.
  • Inventário Rotativo: São contagens de estoques realizadas várias vezes, em frequências diferentes, como mensal, semanal ou diariamente. No entanto, é importante ressaltar que esse tipo acontece apenas em parcelas específicas do estoque, pois demanda uma avaliação cuidadosa quanto à periodicidade e exige a disponibilização de mão de obra.
      
  • Inventário Cíclico: Esse exemplo de Inventário busca o equilíbrio periódico entre a quantidade de bens em estoque e as informações utilizadas em lançamentos contábeis.

 

Estabeleça um esquema para organização de produtos

Cada tipo de produto requer um esquema para organização. Os perecíveis, por exemplo, precisam estar organizados por ordem de validade para evitar a perda do material. Logo, o “Primeiro que Entra, Primeiro que Sai” (PEPS) é muito benéfico para o controle do seu inventário

 

Outro esquema bastante utilizado é o Bill of Material (BOM), que facilita a verificação visual do volume. Como consequência, ajuda a identificar produtos sem giro ao armazenar próximo a produtos de categorias similares. 

 

Seja qual for o esquema escolhido, também é necessário ter as melhores soluções de armazenagem inteligente e movimentação de materiais. Assim, o controle do seu inventário fica muito mais fácil, bem como a escolha do esquema ideal para a organização de produtos. 

 

Monitore a demanda e as tendências de vendas

Toda empresa, independente da indústria, precisa realizar um monitoramento da demanda e das tendências de vendas. Afinal, o reabastecimento do estoque e o controle do seu inventário não deve levar em consideração apenas o volume atual, com a finalidade de reposição. 

 

O gestor precisa estar atento aos relatórios de demanda e oferta para uma compra mais eficiente. Só assim é possível tomar boas decisões e evitar erros básicos, como deixar de investir em algo realmente necessário ou que seu dinheiro fique parado no estoque.

 

Além disso, toda a equipe precisa ter essas informações. Os vendedores, em especial, pois devem saber quais itens podem entrar na promoção e quais descontos podem oferecer.

 

Faça periódicas queimas de estoque

Produtos que não são tão populares acabam saindo pouco e, consequentemente, ficam encalhados no estoque. Isso é péssimo para o controle do seu inventário, pois utiliza um espaço que poderia ser ocupado por outros itens. Além disso, produto parado significa dinheiro que não entra. 

 

Por isso, você deve evitar ao máximo ter um estoque que não gira.

 

Caso isso aconteça, o mais recomendado é fazer uma queima de estoque. Liquidações com grandes descontos costumam atrair clientes que, originalmente, não pensavam em adquirir tal produto. Dessa forma, você recupera o investimento, libera espaço no estoque e também pode conquistar novos consumidores. 

 

Escolha datas específicas para fazer o controle do seu inventário e mão na massa! 

Como vimos no primeiro tópicos, existem diversos tipos de inventário. Ao optar pelo rotativo, você pode definir ciclos de checagem para diversos tipos de itens. Assim, é mais fácil ver  se o controle de estoque está sendo eficiente, além de perceber falhas e desvios mais facilmente.

 

Escolha datas específicas para essa verificação, dando preferência para dias com pouca movimentação, como fins de semana ou feriados. Quando esses dias chegarem, é hora de colocar mão na massa! 

 

Para fazer o controle do seu inventário, você e a sua equipe precisam entender que todos os detalhes importam. Por isso, conte cada item e compare com o que estava escrito nos registros. Para garantir que o número está certo, escolha funcionários distintos para fazerem contagens duplas e confirmar o cálculo. 

 

Além de manter o controle do seu inventário, os gestores devem entender o que é a Indústria 4.0. Esse conceito já está presente em diversos armazéns e, se a sua empresa não inovar, ficará obsoleta muito rápido. 

Clique aqui para ler o artigo explicando o que é a Indústria 4.0 e como o Brasil se encaixa nesse cenário. Dessa forma, você começará 2020 com conhecimentos de extrema importância para a manutenção do seu negócio.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">HTML</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

×