Como ter mais produtividade no armazém?

A melhora da produtividade no armazém é o objetivo dos gestores da área logística de qualquer empresa.

Cada vez mais, esse campo ganha importância para o alcance dos resultados, pois o mercado se transformou e tornou-se mais exigente.

A expectativa do consumidor, após a confirmação de uma compra, é que o seu pedido seja entregue no tempo combinado e que as mercadorias estejam em perfeitas condições.
O mesmo ocorre nos processos que envolvem o B2B, pois as empresas também contam com o recebimento dos materiais no momento certo e nas condições adequadas.

Erros, atrasos e problemas logísticos não são mais admitidos pelo mercado,

que, com muita facilidade e rapidez, troca de fornecedor.

A produtividade no armazém, mesmo sendo invisível para aquele que compra, é determinante para o sucesso de uma operação. 

Para se alcançar esse objetivo, é fundamental que toda a operação logística funcione, envolvendo as seguintes atividades:

  • recebimento de mercadorias,
  • conferência,
  • armazenagem,
  • separação de pedidos,
  • movimentação,
  • expedição.

Além de todos esses processos, os controles precisam funcionar e a informação deve estar à disposição em tempo real para os gestores e os demais envolvidos nas tarefas.

Nesse post mostramos como ter mais produtividade no armazém. Continue lendo e aprimore seus conhecimentos sobre o assunto!

Afinal de contas, como ter mais produtividade no armazém?

Após abordarmos a importância da logística e da produtividade no armazém, vamos conhecer ações que colaboram para que os processos funcionem nas diversas tarefas associadas a essa área.

Corrigir os problemas é evitar a insatisfação dos clientes e complicações com a legislação, pois o Código de Defesa do Consumidor considera os atrasos na entrega um descumprimento das obrigações do fornecedor.

Segundo o Procon-SP, foram registrados, no estado de São Paulo, no ano de 2020 (até o mês de outubro), mais de 240 mil reclamações de consumidores com relação a problemas de entrega nas compras realizadas via internet.

Para resolver esse problema e outros originários da área logística, deve-se providenciar:

Sistemas automatizados para registro de dados

Sistemas automatizados são indispensáveis para os controles e registro de dados.

É comum nos armazéns ocorrerem diversas atividades em paralelo, por exemplo:

  • mercadorias sendo descarregadas para entrada no depósito,
  • materiais sendo movimentados para atender à demanda da fábrica ou reabastecimento de lojas,
  • pedidos sendo separados para atendimento,
  • carregamento e expedição de mercadorias para os clientes.

Todos esses processos precisam de controle, pois os estoques são dinâmicos.

São necessários equipamentos que possam fazer as leituras para entrada e saída de materiais de forma automatizada, garantindo a qualidade das tarefas realizadas.

Esteiras e elevadores

Para evitar o tráfego de colaboradores pelos corredores do armazém, uma boa alternativa é o uso de esteiras e elevadores, facilitando o acesso e a movimentação de materiais.

Porta pallets

A paletização é uma solução simples e eficaz, ampliando a capacidade de armazenamento através da verticalização de estoques.

As estruturas dos porta pallets precisam permitir a customização para possibilitar o atendimento às necessidades específicas de armazenagem.

Ferramentas de apoio na separação de pedidos

A operação de separação de pedidos deve contar com equipamentos que possibilitem agilidade e qualidade no desenvolvimento dessa tarefa.

Para isso, leitores de código de barra ou RFID e equipamentos de comunicação facilitam a operação, diminuindo substancialmente os erros.

Racks para armazenamento e transporte de peças

Bastante utilizado nas indústrias, os racks são facilitadores para o depósito e transporte de peças, garantindo preservação e qualidade dos materiais, auxiliando no estoque e organização do armazém.

Layout adequado

O layout do espaço é outro fator fundamental para aumentar a produtividade e qualidade das tarefas realizadas.

Para isso, é importante uma avaliação a respeito e contar com soluções que possam se adequar às necessidades da operação, como:

  • posicionamento dos estoques,
  • espaço para circulação,
  • sistemas de armazenagem personalizados,
  • estruturas de estocagem que permitam os mais diversos tipos de materiais.

Carrinhos de transporte de cargas

Outra estratégia para aumentar a produtividade no armazém é a utilização de carrinhos para o transporte de cargas.

Todo o processo de movimentação é facilitado a partir do uso dessa ferramenta, que poupa esforços e possibilita a organização nas separações e no transporte interno de materiais.

Gestão e organização dos armazéns

A gestão dos processos logísticos e a organização dos armazéns são fundamentais para se buscar a qualidade desejada.

Os atrasos e erros de entrega ocorrem em função das dificuldades existentes nos controles e nos processos internos, além da falta de preparo e capacitação dos colaboradores.

Com os recursos disponíveis no mercado, é possível implantar sistemas de controle de estoques que sejam atualizados através de leitores, automatizando processos, e passíveis de auditoria.

Além disso, a contratação de estruturas adequadas para a armazenagem facilita a operação e pode ser projetada a partir de estudos e desenvolvimento do modelo mais adequado à realidade do imóvel e espaços existentes.

Investir na logística é essencial para toda empresa que tenha por objetivo o crescimento de sua operação, portanto, avalie as condições da sua organização e faça um estudo a respeito, caso a produtividade dessa área não esteja de acordo com as exigências do mercado.

Agora que você já sabe como ter mais produtividade no armazém, contate a Fabrimetal Sistemas para Armazenagem e conheça as diversas possibilidades de planejar e organizar a sua área de logística.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">HTML</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

×