4 produtos que podem ser armazenados em sistema de cantilever

Quando falamos em sistemas de armazenagem, é bastante comum ter dúvidas a respeito do tipo de estrutura que deve ser implantado.

Se o seu armazém lida com grandes produtos longos ou de largura variável, como tubos de plástico e perfis estruturais, a recomendação é o sistema de cantilever.

Hoje, daremos quatro exemplos de produtos que podem ser armazenados nesse tipo de sistema. Também explicaremos para que ele serve, suas estruturas e vantagens. Confira!

O que é e para que serve o sistema cantilever?

O sistema de cantilever é formado por uma coluna central, uma base física e braços de apoio.

Diferente do porta paletes, por exemplo, não possui colunas em um primeiro plano, facilitando o manuseio dos materiais estocados.

É uma composição relativamente simples, porém seus componentes garantem sua sustentação e funcionamento. São eles: 

  • base: podem conter estruturas unitárias ou até mesmo duplas. Elas não têm a necessidade de serem fixadas nas paredes ou pilares do armazém. Porém, podem ser reguladas junto às paredes dessas estruturas que compõem os pavilhões;
  • consolas: é o nome que se dá à parte que envolve os braços de sustentação do cantilever. Na maior parte do tempo, são formadas por tubos retangulares fixados nas bases com parafusos.

Um dos pontos positivos deste sistema é justamente essa estrutura considerada mais simples, ao mesmo tempo que possui uma alta resistência.

Dessa forma, é a solução ideal para quem possui no estoque produtos com grandes dimensões, formatos, volumes e pesos.

Além disso, os armazéns que utilizam o cantilever registram uma rápida adaptação ao transporte dentro dos pavilhões, como a utilização das empilhadeiras laterais e frontais.

4 produtos que podem ser armazenados em sistema de cantilever

Como vimos no tópico anterior, o sistema de cantilever é preferido pelos gestores que precisam armazenar mercadorias com comprimento grande, normalmente maior que 2400 mm.

No entanto, se esse não for o seu caso, o uso de porta paletes pode se adequar melhor à sua realidade.

A fim de explicar melhor como esse sistema pode beneficiar sua empresa, separamos quatro produtos que podem ser armazenados no cantilever.

Você também encontrará dicas de como estocá-los para minimizar danos:

1. Bobinas pesadas

As mercadorias cilíndricas são aquelas que, para o seu manuseio, se enrolam com o uso de um mandril ou diretamente na forma de bobina.

Esse último tipo é ideal para o sistema de cantilever, pois produtos de grandes dimensões e volumes podem apresentar dificuldades na sua armazenagem e manipulação.

Por isso, muitas vezes as bobinas grandes e pesadas ficam fora da instalação, sendo armazenadas diretamente no chão.

Quem busca uma alternativa mais segura e construída especificamente para as necessidades do armazém encontra vantagens no sistema de cantilever da Fabrimetal.

2. Perfis estruturais

São perfis ou traves de aço que possuem aplicações na indústria e na construção civil e também fazem parte das estruturas metálicas.

Eles possuem diversas utilizações, como como cantoneiras e revestimentos.

Os perfis costumam ser bastante resistentes ao sol e chuva. Mas isso não significa que eles podem ser armazenados de qualquer forma.

Afinal, perfis desorganizados, desamarrados ou com grandes partes sem apoio podem ficar empenados e amassados, inviabilizando o seu uso.

3. Tábuas de madeira

As tábuas de madeira costumam ser cortadas e armazenadas em grandes portes. Durante todo esse processo, elas precisam ser conservadas.

Por isso, especialistas indicam dois principais cuidados. O primeiro deles é proteger contra ação do mau tempo. O sistema de cantilever cumpre esse dever com êxito, minimizando o risco de fungos manchadores ou emboloradores.

Além disso, o segundo cuidado é proteger contra organismos xilófagos, ou seja, aqueles que atacam a madeira.

O armazenamento deve ser acompanhado, sempre que possível, de um tratamento químico temporário.

4. Tubos de plástico

É muito importante saber armazenar e estocar tubos PEAD (polietileno de alta densidade). A sua realização incorreta está ligada a insucessos e retrabalhos significativos.

Por isso, opte pelo sistema de cantilever para obras de infraestrutura.

Uma das principais dicas é evitar que os tubos tenham contato direto com o solo.

Além disso, eles devem ficar a pelo menos dois metros de distância um dos outros. Eles também não podem ficar perto de calor ou químicos agressivos.

Como você pode ver, o sistema de cantilever foi desenvolvido para empresas que lidam com produtos de maior comprimento, pois suas peças são apoiadas sobre braços ou eixos, em vez de prateleiras. 

No entanto, é preciso fazer o planejamento da melhor estrutura cantilever, uma vez que tal armazenamento pode exigir espaços destinados para a movimentação de cargas.

Ao mesmo tempo, é possível fazer um armazenamento mais compacto. 

Se você tem dúvidas sobre como escolher o melhor sistema de cantilever, clique aqui e leia o artigo completo sobre o assunto!

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">HTML</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

×