O aumento dos negócios online no Brasil foi acelerado pela pandemia da Covid-19. A tendência é que os números do e-commerce não parem de crescer nos próximos anos, trazendo uma série de oportunidades para empreendedores e armazéns. No entanto, quem quer aproveitar essa onda, precisa entender quais são os tipos de logística existentes e qual delas escolher. 

A seguir, você encontra um pequeno panorama da situação brasileira em relação aos negócios online. Também separamos algumas dicas de como identificar qual tipo de logística melhor se encaixa na sua realidade.

Crescimento dos negócios online no Brasil

Uma pesquisa mostrou o quanto a quarentena influenciou o e-commerce brasileiro logo nos primeiros meses de 2020. Em relação ao mesmo período do ano anterior (da segunda quinzena de março até o fim de abril), houve crescimento de 48,3%. E a tendência é só aumentar. 

Quem confirma isso é a Ebit-Nielsen: segundo a empresa, que mede a reputação das lojas virtuais, as vendas online devem crescer 26% em 2021. Ao todo, devem atingir um faturamento de R$ 110 bilhões. 

Ou seja: o “novo normal” é comprar pela internet. Essa mudança no comportamento do consumidor traz uma série de oportunidades, mas é preciso se preparar. Sem ter um sistema de armazenagem e operações logísticas bem estruturadas, não há negócio que resista.

Impacto da logística para o e-commerce

Na hora de montar um plano de vendas para o e-commerce, muitos esquecem da logística ou então acreditam que basta ter um bom controle de estoque

Na realidade, entender os tipos de logística e montar um plano de ação é crucial para uma boa operação. Só assim os gestores poderão controlar a movimentação dos produtos, garantindo uma boa produtividade e entregas dentro do prazo. 

Isso significa ter boas estruturas de armazenagem, fazer o acompanhamento de vendas e selecionar com cuidado os fornecedores. Lembre-se de que eles são parceiros estratégicos do seu negócio, influenciando diretamente no êxito ou no fracasso da operação. 

Lembre-se também de que o objetivo principal deve ser oferecer ao cliente um bom atendimento. Só assim ele vai voltar a fazer negócios com a sua empresa. Por isso é tão importante escolher aquele que melhor atende suas necessidades entre os tipos de logística. Assim, você reduz custos, desperdícios e o nível de reclamações.

Tipos de logística para negócios online

Quando falamos de logística para e-commerce, uma das principais preocupações é a distribuição. Isso engloba armazenagem, embalagem e a remessa efetiva dos produtos.

 Como os clientes estão em busca de praticidade e conforto, a operação deve procurar novas formas de atendê-los. Não à toa, cresceram bastante os tipos de logística nos últimos anos, focando nesse mercado de compras online.

Transportadoras

Se antes os Correios eram o principal meio de entrega, hoje esse posto é das transportadoras. Essa mudança ocorreu por causa dos constantes atrasos e greves, que prejudicam a experiência do consumidor final. 

As transportadoras são empresas terceirizadas que realizam o transporte de pequenos e médios pacotes. Muitas se destacam pelo valor agregado à entrega, pois investem em softwares de rastreamento que facilitam o processo. Dentre os tipos de logística, esse é o que tem mais tendência de crescimento.

Correios

Mesmo com seus problemas, os Correios ainda são uma opção válida. Especialmente para micro e pequenos empreendedores. Afinal, é um custo mais em conta do que as transportadoras, ainda mais se o cliente for responsável por pagar o frete. 

No entanto, é importante ressaltar alguns problemas. Esse tipo de logística peca pelo excesso de restrições, com limites de peso e tamanho.

Pontos de retirada

Dentre os tipos de logística para negócios online, esse ainda não chegou com força no Brasil. Porém, faz bastante sucesso em países como Alemanha e Estados Unidos pela sua praticidade. 

Funciona da seguinte forma: lojas e outros estabelecimentos conveniados permitem que o consumidor possa retirar os produtos online. Por exemplo, postos de gasolina ou shopping com lockers que destravam mediante uma senha que só o cliente tem acesso. 

Alguns locais têm acesso 24 horas por dia, como lojas de conveniência. Isso dá mais liberdade para a pessoa, que pode escolher o momento mais conveniente para a retirada.

Retirada na loja

Essa é uma boa opção para negócios “híbridos” — ou seja, que possuem lojas online e físicas. Essa estratégia atende os clientes que preferem economizar com o frete ou que procuram por produtos que não encontram mais nas lojas físicas. 

O único ponto de atenção é em relação ao tempo de entrega. A competitividade das empresas chegou ao ponto do cliente conseguir encomendar e pegar no mesmo dia. Para isso, é preciso ter um processo logístico muito bem estruturado, evitando frustrações. 

O que achou dessas dicas? Conhecer os tipos de logística é o primeiro passo para organizar o seu armazém e atender as demandas do mercado. Depois, é necessário pensar na organização do layout da fábrica, que também pode impactar os resultados. Clique aqui e saiba como.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">HTML</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

×